Páginas

terça-feira, 26 de abril de 2011




                Quantas vezes hoje, você disse que ama sua mãe? seu pai? Deu aquele abraço apertado de um filho neles? Quantas vezes na sua vida, você sentou e conversou por horas e horas com suas avós e avôs entretido com a conversa, ou fingindo estar só para poder ouví-los e fazê-los se sentir bem?O mundo é algo tão vasto mas a vida é tão curta para se desperdiçar um segundo. Hoje, quem está ao seu lado amanhã poderá não estar. Então acorde, sorria. Não fique triste porque você está acordando cedo, no frio para ir a uma escola chata, ficar sentado horas  ouvindo o professor… Pare e pense, quantas crianças dariam a vida pra acordar cedo pra ir para uma escola e não para ir no farol da Avenida mais próxima pedir esmola ou vender balas?Ou não fique aborrecido porque seu pai não quer comprar aquele tenis, calça ou blusinha… Pelo menos, você tem um pai para não querer comprar ou tem a possibilidade de comprar e ter o que você deseja um dia.Seja feliz com o que você tem, e seja ambicioso o bastante para desejar conquistar mais mas não se torne obcecado pelo que deseja, para viver em busca daquilo. O importante é viver e ser feliz, aproveitar a vida enquanto pode. Abraçar, apertar a mão, cumprimentar colegas, abrir um sorriso sincero todas as manhãs, rir e chorar, dizer que ama para quem você realmente ama, respeitar.O importante da vida é fugir desse comodismo e egoísmo em que vivemos em um mundo capitalista aonde tudo gira em torno de dinheiro, sucesso, fama, status, poder…  Afinal, quando chegar nossa hora, o apito final do jogo da vida, com certeza, seremos mais felizes por termos aproveitado cada segundo com quem amamos do que termos perdido tempo em busca dos valores capilistas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentário, elogio ou sua critica